Rede hospitalar com 500 pcs HELP

Poste aqui suas dúvidas e sugestões sobre todas as tecnologias de redes e telefonia.
lobao
Membro Ativo
Membro Ativo
Mensagens: 20
Registrado em: 22 Nov 2006, 15:06

Rede hospitalar com 500 pcs HELP

Mensagem por lobao » 22 Nov 2006, 15:12

e ae.. seguinte estou com um projetos escolar pra criar uma rede de 500 pcs pra um hospital... gostaria de saber qual equipamentos usar pra essa façanha (switches placas e cabos " wireless ou par trançado mesmo o que seria mais recomendado... PELA AMOR DE DEUS ME AJUUUUDEMMMM!!!!!

vALEW POVO!!!!

vedolin
Membro Ativo
Membro Ativo
Mensagens: 54
Registrado em: 20 Jul 2006, 09:50

Mensagem por vedolin » 24 Nov 2006, 09:29

Por favor,
Detalhe melhor qual o problema, do jeito que você escreveu, eu pelo menos não consegui nada! Tipo "estou com um projetos escolar pra criar uma rede de 500 pcs pra um hospital" ?????
Que tipo de projeto é esse? "wireless ou par trançado mesmo o que seria mais recomendado"
Tente melhorar as suas duvidas, quanto mais você se esforçar nas perguntas ai, a gente se esforça nas respostas aqui.

Att:Vedolin

:lol:

ronaldobf
Moderador
Moderador
Mensagens: 328
Registrado em: 28 Jan 2006, 03:34
Localização: Araras/Campinas - SP

Mensagem por ronaldobf » 24 Nov 2006, 23:50

Olá,Lobão!
Primeiramente, qual é o escopo deste projeto? (é didático ou real?)

Agora, independente de qualquer coisa, num hospital, tem-se muitos detalhes, desde equipamentos médicos a serviços administrativos.

O projeto engloba cabeamento estruturado, equipamentos, software, etc????

É necessário detalhar melhor.

Eu fiz, para minha monografia de pós-graduação, um projeto de rede num hospital, também já participei de um levantamento de requisitos de um hospital de SP e talvez possa ajudar. Mas para isso, por favor, detalhe!

Algumas informações:

- uma rede num hospital não deve ser formada apenas por computadores... devemos pensar em escalabilidade de tecnologias e serviços, bem como fisicamente. Mudanças de layout é outra coisa (em sua maioria, não muito importante, pois um hospital estruturado será difícil mudar totalmente uma área física, a não ser o acréscimo de novoas pavimentos).

- Para um projeto desse porte, com 500 computadores, o hospital tem que ser muito grande. Será que não são 500 pontos de telecomunicações??? Assim, poderia utilizá-los para VoIP, telefonia fixa ou rede de dados no mesmo ponto.

- Siga as normas de cabeamento estruturado, como a ANSI-TIA-EIA-568b, 569a, 606, etc...

- É bom prever sistemas wireless para uso comum aos pacientes e visitantes (luxo, importante em hospitais particulares - cria vantagens competitivas que são revertidas em lucro, isto é, retorno de investimento), e WLAN para médicos e funcionários do hospital, pois hoje já há muitos equipamentos médicos que monitoram pacientes através de disp. sem fio.
Ainda em crescimento, mas já está em uso em grandes hospitais.

- Mantenha racks e respectivos switchs e routers protegidos, numa sala climatizada do CPD.

- Se o hospital tiver controle, como ERP, escritórios em outras localidades, ser uma filial ou rede de hospital particular, até mesmo para ligar consultórios médicos, é aconselhável uma rede WAN para tal fim e uma outra de redundância, podendo ser um link dedicado ou VPN (muito mais em conta).

- Separe a rede pública da rede do hospital, isto é, utilize switches gerenciáveis.

- Sempre analise onde a rede nunca deve parar, assim, defina, por caminhos diferentes, um cabo backup (redundância).

- Eu costumo separar por cores o backbone do cabeamento horizontal, facilitando visualmente a identificação dos mesmos em eletrocalhas, racks, etc.. (ex: backbone = vermelho, horizontal = azul) e assim vai... isso depende de como você quer fazer. Claro!!! Lembre-se de manter a documentação conforme a norma TIA-EIA-606.

- Servidor vai depender da situação... aconselho ter um apenas para a internet, onde você pode instalar duas placas de rede, uma para a rede pública e outra para a privada (funcionários) e uma terceira ligando ao router Speedy, etc... Esta conexão fará a função de redundância se caso o link dedicado aos serviços administrativos do hospital cair, portanto, também deve ter pelo menos 1 MB.

- Defina o projeto pela metodologia top-down. (Procure no google sobre ela relacionando-a a projeto de redes). aqui mesmo no projetoderedes.com.br tem algumas coisas interessantes.

- Servidores e equipamentos, bem como protocolos, etc.. tudo é definido conforme as aplicações e necessidades da empresa. Depois de coletar informações, defina as tecnologias.

- Tenha plantas baixas, documentação da rede existente e toda a doc que for necessária. A lista é enorme, mas de forma geral, estamos acostumados com a lidar com apenas a planta baixa e visitas de levantamento. Depois, defina uma proposta com políticas, garantias, etc... planos de manutenção, assistência e consultoria.

Tudo se resume em norma e consciência de que vale a pena investir em relação custo/benefício. Em casos reais, as vezes é feito um projeto a médio prazo (as vezes a longo prazo), onde cada coisa, dada uma prioridade, é implantada por vez, sempre permitindo a interoperabilidade dos envolvidos.

É isso aí... dê uma pesquisada e explique melhor a situação.

E por aí vai!!!!!

Abraços
Ronaldo A. Bueno Filho

lobao
Membro Ativo
Membro Ativo
Mensagens: 20
Registrado em: 22 Nov 2006, 15:06

então

Mensagem por lobao » 29 Nov 2006, 14:32

O projeto que estou fazendo é didatico sim! Envolve tudo cabeamento equip software sim e ronaldo pos-graduativo tbm se puder me ajudar agradeço desde agora!!! vlw

ronaldobf
Moderador
Moderador
Mensagens: 328
Registrado em: 28 Jan 2006, 03:34
Localização: Araras/Campinas - SP

Mensagem por ronaldobf » 01 Dez 2006, 10:59

Legal... em que universidade é sua pós e qual é o foco dela??? Administração, cabeamento, etc...

Minha internet está meio precária devido que estou morando temporariamente fora de minha cidade e ainda não instalei uma internet que se preze. Nos finais de semana tenho mais possibilidades de ler meus e-mails e fóruns.

qualquer coisa, envie um e-mail ou mensagem particular (mp).

abraços
Ronaldo A. Bueno Filho

Responder