Gerenciamento de serviços em rede: Windows ou GNU/Linux?

Para dúvidas sobre os serviços que rodam em servidores, hardware e seus respectivos sistemas operacionais.
Fernando Romeiro
Membro Júnior
Membro Júnior
Mensagens: 9
Registrado em: 18 Jul 2007, 19:45
Contato:

Gerenciamento de serviços em rede: Windows ou GNU/Linux?

Mensagempor Fernando Romeiro » 24 Dez 2007, 00:02

Olá colegas de fórum,

levando em consideração que há uma forte tendência de migração para acesso através de rede mundial de muitos recursos como aplicações de gerenciamento empresarial (ERP), arquivos, backups...

Tudo tem convergido para a internet. No que diz respeito ao sistema operacional que gerencia estes serviços, qual (entre Windows e/ou GNU/Linux) vocês costumam usar?

Comentem um pouco de suas experiências sobre o assunto...


Atenciosamente,
Fernando Romeiro.

ronaldobf
Moderador
Moderador
Mensagens: 328
Registrado em: 28 Jan 2006, 03:34
Localização: Araras/Campinas - SP

Mensagempor ronaldobf » 24 Dez 2007, 18:10

É um pouco complicado definir qual seria o melhor sistema operacional para estes serviços. Há casos e casos.

Um ERP, geralmente, é utilizado em empresas de grande porte ou empresas que possuem muitas variáveis e que as mesmas são utilizadas para chegar numa conclusão através de relatórios ou gerar pedidos automaticamente, entre outros.

Neste caso, deve-se ter vários servidores: Banco de dados, DHCP, aplicação, logs, entre outros.

Pra cada função, existe uma ferramenta. No caso, imaginemos DB2. O DB2 é considerado o banco de dados mais rápido. Em contrapartida, Oracle é mais robusto.
Se optei DB2, segundo especialistas, o melhor SO é Unix (Solaris, AIX, etc).
Eu preferiria optar pelo que a maioria dos profissionais da área dizem.

Outro ponto é ter profissionais qualificados na ferramenta utilizada. Não adianta ter a melhor ferramenta, se não tem quem saiba utilizá-la.

O melhor sistema operacional, é aquele que você domina. Assim, podendo tirar ao máximo do mesmo. Não adianta ter uma ferrari e não saber digirir. Neste caso, compensa uma bicicleta (demora mais, mas você chega ao destino) hehehehe...

Conheço cases, por exemplo, a Valle (empresa de sucos em Americana-SP). Eles utilizavam Linux em quase tudo. Resolveram substituir para ambiente Windows. Com isso, a Valle teve redução de custos e melhora no desempenho. (Um case de sucesso).
Há muitos cases de sucesso entre migrações de Microsoft para Linux e vice-versa.

Abraços
Ronaldo A. Bueno Filho

Fernando Romeiro
Membro Júnior
Membro Júnior
Mensagens: 9
Registrado em: 18 Jul 2007, 19:45
Contato:

Mensagempor Fernando Romeiro » 25 Dez 2007, 10:22

Ronaldo,

obrigado pela sua opinião.

Concordo com você sobre o fato de que o melhor sistema operacional para se usar em uma empresa é aquele em que há profissionais qualificados para lidar com ele...

Hoje, já há uma maior penetração de aplicações de gestão empresarial (ERP) que começam a fazer parte do dia-a-dia de médias e até pequenas empresas... Isto reflete-se em maior capacidade de decisão e administração do negócio... Pelo menos, esta é uma realidade nos estados que tenho mais contato: Alagoas e Pernambuco.

Abraços.

Avatar do usuário
alissonmorais
Membro Ativo
Membro Ativo
Mensagens: 57
Registrado em: 05 Mai 2005, 13:25
Localização: Divinópolis - MG

Mensagempor alissonmorais » 03 Jan 2008, 13:15

Concordo plenamente com a exposição do Ronaldo e digo mais. É necessário entender que TI é um meio, ela existe para otimizar o ambiente. E isso nem sempre é colocado em pauta, principalmente por nós, da área de TI. Devemos estar cientes de que devemos alinhar a estratégia de negócios com TI. Deste modo posso citar exemplos que o Linux tem sido fantástico como no metro de São Paulo. E contrapartida, o exemplo do Sucos Valle com Windows.
Jesus is the way
><(((º> ~~~

ronaldobf
Moderador
Moderador
Mensagens: 328
Registrado em: 28 Jan 2006, 03:34
Localização: Araras/Campinas - SP

Mensagempor ronaldobf » 03 Jan 2008, 23:34

Um outro ponto interessante, em grande parte das empresas de outros ramos que não TI, não levam a TI como umas das bases fundamentais para o sucesso. TI quase sempre fica com uma parcela baixa de investimento se comparada proporcionalmente a outras pautas.

Como propaganda e marketing, TI é fundamental para o sucesso de uma empresa. O dinheiro gasto em TI deve ser encarado como investimento, não como gasto. Se bem investido, terá retorno. Hoje, manter a conectividade em tempo real, bem como um bom software de gerência é primordial para tomadas de decisão rápida e segura. Isso possibilita redução de custo e maior produtividade.

Claro! Tudo depende de estudos e análise de casos.
Empresas que investem nessas áreas, como peça fundamental, tem um sucesso muito maior do que as que não as encaram assim.

Abraços
Ronaldo A. Bueno Filho


Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante